11.21.2008

'E mel!

Os favos

A filtragem

A cabana


O fim do dia (as minhas desculpas)














Santo Ant'onio!

Nossa senhora do Carmelo...


Enviar uma encomenda nao 'e facil... sofre-se um bocado!


A dita (mais 10 Kg depois de 15 que j'a devem estar no mar alto)




A deusa ('e a Marta claro)...








Muitas desculpas a quem trabalha... sinto-me tao culpado!


Todos os dias nos apetece fotografar o por do sol. 'E sempre um upgrade do anterior... desculpem a repeticao. A n'os parece-nos sempre novo!


Amor e uma cabana (como diz o Jorge)



O que fazer doente?

Picante


A pescaria

11 comments:

afs said...

Para quê tantas desculpas? isso não resolve nada, nem atenua a nossa inveja.
Aproveitem!!!

Isabel said...

Apoiado!
De férias nesse paraíso e a pensar nos desgraçados que estão a trabalhar para ganhar a vida? Se visse um pôr-do-sol desses queria lá saber dos que estão a trabalhar! Ohmmmmm...

presstige said...

mas para se ver esse por do sol nao é preciso comer do mel?!
arranjas-me um desses chuveiros exteriores verdes (ou era azul) da vossa cabana, para por na nossa? É que por "cá", o verao e os pores do sol também hao-de chegar, um dia!
Beijinhos com neve,
Lina

presstige said...

P.S. Se o padre de Alvaiázere visse esses toldos da N. Sra. do Carmelo... Juntando-se-lhe um pouco de tecnologia alema, daquela que faz subir e descer os estores consoante a intensidade da luz, e Alvaiázere era uma profusao de sons - com o sino automático a badalar, com comando à distancia "casamento", "calamidade", "finados".. - e contrastes de luz com os toldos a enrolar e desenrolar... frente ao coreto, que se vai afogando no meio da calcada certinha, que veio modernizar o terreiro de pedra escorregadia, que no verao se transformava num espelho reflector, e quase se juraria que se via a igreja caiada a transpirar. Saudades

Marta said...

Ola Isabel!!!
Quando voltares a Portugal tens mais que oportunidades de ver por-do-sol assim!
Volta mas e pa gente que fazes ca muita falta :)

Marta said...

Ola Antonio!
Ja sabe como e o Manel, sempre a pedir desculpas..! Eu ca nao sinto o minimo remorso! So um bocadinho de saudades.. confesso..

Marta said...

Ola Lina!
A descricao da Igreja de Alvaiazere fez-nos chorar a rir!
Acredita que as tuas ideias na India iriam comecar uma moda!!! Eles adoram todos esses artificios! Querem ser "modernos"!
Esperemos que o Sr. Prior nao te oica..!
Como foi a visita a Portugal?
De volta a neve?
Beijinhos e saudaes para todos :)

zica said...

O que eu ia comentar já o fez o pai. Caramba, duma vez por todas deixa as culpabilizações inúteis aí na Índia. Ficamos tão felizes de estarem a aproveitar, a saborear e ,claro serem gratos por isso...É o que interessa, bjs.

afs said...

Já estou a sentir uma pontinha de culpabilização! Mas acho que vou ultrapassar isto...

martavfs said...

:)
eu ia dizer o mesmo que os pais!!!!HAhaha
realmente nem ai páras de pedir desculpa, que granda panca!
Volta mas é que eu quero ouvir isso tudo ao pormenor!
Nós por cá, mm n estando no paraíso, tb estamos bastante bem;)
beijinhos para os dois

Anonymous said...

"Os verdadeiros hippies do sec xxi": amor, uma cabana, pores de sol aos magotes com banhos de mar à mistura...Muita paz e amor, um ipod para ouvir uma musikinha, e já está...O Paraíso é Paz no Coração depois de acabarmos todas as lutas, incluindo a luta pela conquista do paraíso. As minhas sinceras desculpas pela retórica
Abraço, jorge