9.26.2008

Os ilustres

Quando nos metemos no autocarro para vir para Pushkar j'a nos tinham dito que os turistas sao como deuses... eles apesar de tudo t'em mais turistas do que 36 mil deuses na religiao que aqui domina (Hindu). O que 'e facto 'e que nao percebemos na altura a verdadeira dimensao daquela afirmacao. Se querem recuar no tempo 100 anos no m'inimo e ser tratados como deuses venham c'a que ate acaba por se tornar interessante (de inicio parece muito desadequado) mas com o tempo uma pessoa habiatua-se a ser abordada por centenas de pessoas todos os dias que nos querem dar flores, pedir dinheiro ou vender tudo e mais alguma coisa. O que todos e cada um precisa 'e um simpatico sorriso e um simples Namaste. Depois 'e s'o andar calmamente e ouvir... ouvir aqui sons que nunca pensei vir a ouvir na minha vida. Os filmes nao retratam os sons com justica...
Os "deuses" aparecem no jornal:

O que ali dissemos era apenas o que gostamos e o que poderia ser melhorado nesta cidade...

7 comments:

Anonymous said...

Oi Manel, e que K tal?
Se tiveres oportunidade faz uma limpeza aos ouvidos. Parece que é enorme a porcaria que fazem sair dos ditos. E claro, uma masssagem à cabeça: ficas leve como um passarinho...

Óptimas fotos: ... um artista português! Com direito aqui a exposição, e talvez mesmo edição de livro "andares na India", porque não?(falta um encantador de serpentes a tocar flauta).

Calculo que o nº de ciber-cafés já tenha aí ultrapassado o nº de deuses! the incredible India!

Abraço, jorge

Manel Furtado said...

Ola Jorge.
Est'a tudo a correr muito bem tirando o facto de estar com uma gripalhaca que me obrigou a comecar a tomar antibiotico hoje.
Quando ja estiver bom vou fazer a limpeza e a massagem.
Quanto ao encantador de serpentes ja vimos muitos que nos garantiram que a cobras nao tinham veneno mas mesmo assim preferimos manter a distancia. Talvez com a minha objectiva consiga apanha-las 'a distancia...
algumas das fotos (muitas) sao da marta porque a minha maquina precisa de um programa proprio para ler os ficheiros. Mas sim ela fotografa muito bem.
Eu tb tiro com a dela de vez em quando como foi com o caso das cores dos tecidos.
Cyber cafes nao 'e problema mas os hospitais...
Um grande abraco e obrigado pelas dicas.
Estou cheio de saudades!
Manel

Anonymous said...

Olá Manel!
Parece q vale mesmo a pena ir a Darmsala, como planeavas (falei com uma amiga minha q lá esteve e gostou muito): como sabes aí encontras o budismo tibetano (e com sorte o Dalai Lama). Em Rishikesh encontras o hinduismo: yoguis, sadus (ermitas errantes), templos, ashrams, peregrinos banhando-se no Ganges...devotos lendo escrituras sagrads, nativos fumadores de hashich ...enfim, o espírito milenar da Índia sagrada. A água do Ganges aí é em princípio limpa (de preferência + a norte): um banho purificador (sem gripe) nessas águas faz parte do itinerário dos viajantes...Boa viagem, Abraço, jorge

Anonymous said...

Olá Manel! tendo em conta a asserção budista de que ao nível dos fenómenos "nada é permanente, tudo é efemero", espero que a tua gripe tenha já passado, seja por artes do Dr. das mangas cavas ou outras! Se tiveres interesse/possibilidade ouve a breve abordagem sobre o Hinduismo - http://deoxy.org/video?v=7fBjsEaGqMI -, Abraço,jorge

Jindungo said...

Que cena irreal! parece q tudo pode acontecer...

Luís Carlos said...
This comment has been removed by the author.
Luís Carlos said...

Manel e Marta na imprensa indiana! Nem quero pensar nas consequencias que isso podera vir a ter!! Espero que isso de voces agora serem "deuses" nao vos suba a cabeca... nao se esquecam dos velhos amigos ca em baixo...